Manual de Gestão Ambiental da Rumo reduz impactos e aumenta eficiência de obras

O Manual de Gestão Ambiental de Obras da Rumo, utilizado nos últimos dois anos, vem rendendo uma série de benefícios para o meio ambiente e também para a Companhia. O documento tem como objetivo garantir o controle da conformidade ambiental das obras feitas em projetos de expansão, manutenção e revitalização nas ferrovias operadas pela Rumo.

“Trata-se de uma ferramenta que estabelece os critérios para o gerenciamento ambiental e tem como objetivo orientar sobre boas práticas e como atender a legislação”, afirma Renata Ramalho, gerente de licenciamento ambiental da Rumo.

Em 2017, 14 auditores acompanharam 43 obras e realizaram 52 treinamentos sobre gestão ambiental ao longo de toda a malha ferroviária da Companhia. Em 2018, 72 obras estão acompanhadas e auditadas.

O manual foi idealizado pela gerência de Licenciamento Ambiental em 2016. Naquele ano, equipes da Rumo e de empresas contratadas envolvidas nas obras tiveram o primeiro contato com o documento, por meio de treinamentos teóricos. O conteúdo traz os critérios de gerenciamento total da obra, da mobilização até a desmobilização.

Assim, são abordados temas como licenciamento ambiental; supressão de vegetação, fauna e flora; interface com a comunidade; gerenciamento de áreas de apoio e canteiros; captação da água; operação de máquinas; infraestrutura de aterros; sistemas de drenagem; gerenciamento de resíduos, sejam eles sólidos ou efluentes; e medidas preventivas e emergenciais para vazamentos de produtos nocivos ao meio ambiente.

“Os responsáveis pela disseminação das diretrizes são os nossos 14 auditores ambientais, que atuam nas operações Norte e Sul”, diz Renata. “Eles vão até as obras, onde realizam treinamentos presenciais e as auditorias. A frequência deles é decidida pela Matriz de Criticidade, um parâmetro que define o que deve ser observado em cada obra”.

Ao identificar alguma não conformidade é criado um Plano de Ação, para acompanhamento das ações corretivas e para evitar a repetição do desvio.

Jonathan Gusso, auditor ambiental da Rumo, aponta que o manual foi extremamente benéfico para todos os elos envolvidos nas obras, proporcionando soluções a situações de rotina, assim como a disseminação de boas práticas.

Aplicativo SIGAR

Para aumentar a eficiência da aplicação do manual, a Companhia está desenvolvendo o Sistema Integrado de Gestão Ambiental da Rumo (SIGAR), uma plataforma online para notebooks e smartphones. O aplicativo está em fase final de desenvolvimento, e será testado ainda neste ano. Seu uso em campo está previsto para 2019.

“O app gera dados e indicadores de excelência ambiental”, afirma Gusso. “Nele, teremos acesso aos dados ambientais completos da Rumo. Todo plano de ação e detalhes das auditorias estarão registrados ali. O SIGAR vai permitir novos ganhos operacionais na gestão das rotinas das obras”.

Sobre a Rumo

A Rumo é a maior operadora logística com base ferroviária independente do Brasil e América Latina. A Companhia tem mais de 12 mil quilômetros de trilhos formados por quatro concessões em seis estados: São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Com mil locomotivas e 25 mil vagões, a empresa oferece uma gama completa de serviços interligando centros de produção, polos consumidores e portos marítimos.

Atendimento à Imprensa

Marco Espanha (marco.espanha@loures.com.br)
+ 55 (41) 9 9917-8368

Allan Scheid (allan.scheid@loures.com.br
+ 55 (41) 9 9910-7641

Rodrigo Pereira (rodrigo.pereira@loures.com.br)
+ 55 (11) 9 9661-5359

Fábio Rogério (fabio.rogerio@loures.com.br)
+ 55 (13) 9 8816-5233